Central de Atendimento
(44)3024-2060 (44)3346-1477

Blog

  
Compartilhar
Saiba como organizar sua retífica com 5 dicas práticas

Saiba como organizar sua retífica com 5 dicas práticas


04/mar/2022


E aí, pessoal!

Depois das nossas dicas de como conservar suas ferramentas automotivas e como aumentar sua segurança no trabalho, viemos trazer algumas indicações de como organizar a sua retífica.

Afinal, um espaço arrumado facilita e agiliza o trabalho, além de até mesmo trazer credibilidade, profissionalismo e comprometimento, ganhando maior confiança do seu cliente.

Não é necessário altos investimentos, nem fazer malabarismos para isso. Com apenas algumas mudanças, seu espaço já estará adaptado para contribuir com suas atividades do dia-a-dia. Olha só:

1. Cuidado especial com as ferramentas
Caixas organizadoras, painéis magnéticos, armários, gavetas e carrinhos específicos são alguns dos locais onde as ferramentas podem ser guardadas.
 

É possível, ainda, separá-las por tamanho e função; colocar etiquetas indicando o que tem em cada compartimento; ou dispor de caixas e potes para inserir os objetos menores ou que podem ser facilmente perdidos, como rebolos, pregos e roscas postiças, antes de guardá-los nos armários.

Outra dica é deixar os materiais mais utilizados próximos a sua estação de trabalho, também separadas por caixas ou carrinhos, e guardar as ferramentas menos utilizadas nos armários ou depósito, com os mais pesados posicionados nas partes de baixo – já que exigem mais esforço para alcançá-los.

Assim você evita ter que percorrer o local em busca das ferramentas que estão longe, evita que as ferramentas menos utilizadas atrapalhem o serviço e possíveis acidentes, tornando também o trabalho menos estressante.

Não esqueça também de realizar a limpeza e manutenção dessas ferramentas regularmente.

2. Delimite os espaços a serem utilizados
É importante dispor as máquinas mais pesadas de forma que não dificulte o deslocamento tanto dos funcionários e clientes, como dos equipamentos mais fáceis de serem transportados, garantindo a segurança de todos.

Delimite as áreas administrativas, da recepção e do próprio local onde são realizadas as retíficas. Isso faz toda a diferença na hora de receber os clientes e parceiros, em um local próprio mais silencioso e convidativo; evita que os ruídos das máquinas e eventuais sujeiras afetem o trabalho da administração e do atendimento.

 

Divisórias e fitas no chão podem ajudar na distribuição e organização do espaço

Caso sua equipe também prefira, cada funcionário pode ter sua própria bancada e seus próprios equipamentos para realizar o trabalho; e os espaços podem ser redefinidos por atividade, por exemplo: uma área para realizar a retífica do cabeçote, outra para usinagem, e outra para manuseio das máquinas.

3. Decoração
Outro ponto que colabora para a organização é a decoração do local. Afinal, ao chegar em um local bem ordenado, podemos perceber o espaço e os objetos com mais clareza e que é bem cuidado.

Invista nos ambientes específicos onde os clientes serão recebidos, mais aconchegantes e cuidadosos. Mesmo uma decoração mais simples já traz uma sensação convidativa e ajuda a organizar: é possível investir nos itens que tenham a ver com veículos ou nos itens funcionais, como um armário de ferramentas colorido, dispor as máquinas alinhadas uma atrás da outra ou ainda utilizar as próprias ferramentas como itens que fazem parte do ambiente, por exemplo.

Outra ideia também é pintar as paredes de cores mais escuras ou com revestimentos que facilitam a limpeza, pois ajudam a “disfarçar” a sujeira do ambiente.

  

4. Limpeza

Reserve um tempo na sua retífica – pode ser no final de cada expediente, uma vez por semana ou uma vez a cada quinze dias – para verificar o funcionamento das ferramentas e máquinas, realizar limpeza e manutenção tanto desses equipamentos, quanto do ambiente. Dependendo da frequência de uso e função, as ferramentas necessitam ser limpas logo após seu uso.

Caso você utilize produtos como óleo ou outros que necessitem de descarte específico, lembre-se de coletá-los e destiná-los no local correto.

A equipe pode colaborar na manutenção da retífica, incentivando uns aos outros e criando o hábito de zelar pelo ambiente e equipamentos; seja realizando a limpeza em conjunto, criando uma escala ou realizando treinamentos sobre os procedimentos a serem feitos.

Esse cuidado evita o excesso de sujeira que são naturalmente produzidos nas retíficas e oficinas em geral, e até mesmo é importante para prevenir acidentes como escorregões, cortes ou tropeços.

5. Não se esqueça da parte administrativa e interna
A organização da retífica não tem a ver somente com o espaço físico.

Para o negócio funcionar, também é preciso organizar as outras áreas da administração. Portanto, cuide da documentação, dos aspectos financeiros, burocráticos e do relacionamento entre os colaboradores da sua retífica.

Para agilizar os processos e facilitar a localização dos arquivos, existem diversos programas de computador para cadastrar os clientes e parceiros, organizar as finanças e o estoque, armazenar documentos, entre outros. Você pode dispor de um sistema interno e/ou armazená-los na nuvem para garantir que eles não se percam.

A equipe, por sua vez, também precisa estar envolvida na organização e se sentir engajada. Portanto, invista em algumas ações de endomarketing, no bom relacionamento e esteja aberto a ouvir sugestões sobre o trabalho e ações que visem melhorar o ambiente em geral. Afinal, eles também são parte do sucesso da retífica!

Você já aplicou alguma dessas dicas na sua retífica? Tem algum outro método de organização? Conta pra gente!